Participantes

Líder: Ana Taís Martins Portanova Barros

Pós-doutora em Filosofia da Imagem pela Université Jean Moulin - Lyon/3 (2013), Doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (2003), mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (1998) e graduada em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1992). 

Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação e da Graduação em Comunicação Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, desenvolve pesquisas sobre fotografia e imaginário. Autora de Sob o nome de real: imaginários no jornalismo e no cotidiano (Armazém Digital, 2008), Jornalismo, magia, cotidiano (Ed. da ULBRA, 2001) e co-organizadora de Nós transdisciplinamos: diálogos nas Ciências da Comunicação (Armazém Digital, 2007). 

 

Vice-líder: Jean-Jacques Wunenburger

Filósofo, professor do Institut de Recherches Philosophiques da Université de Lyon 3 / Jean Moulin dedica-se, em suas pesquisas, às aproximações das funções entre imagens, mitos e símbolos estudados em suas relações com as racionalidades filosóficas, científicas e culturais. Autor de cerca de 20 livros e 300 artigos, entre os quais, publicados em português, O imaginário (Loyola), A razão contraditória (Lisboa, Instituto Piaget) e Uma utopia da razão (Lisboa, Instituto Piaget). 

PESQUISADORES

Eduardo Andres Vizer

Possui graduação em Sociologia pela Universidad de Buenos Aires (1969), especialização em Psicodrama Terapêutico e Pedagógico Grupal pela Associação Argentina de Psicodrama e Psicologia de Grupo (1982), especialização em Teorias da Comunicação, Lingüística e Semiologia pelo Instituto Di Tella (1971), doutorado em Sociologia pela Universidade de Belgrano (1983), pós-doutorado pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2004), pós-doutorado pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2003), pós-doutorado pela University of Massachusetts at Amherst (1987), pós-doutorado pela University of Massachusetts at Amherst (1986), pós-doutorado pela Universidade de Bonn (1985) e pós-doutorado pela Mcgill University (1989). 

Atualmente, é professor Consulto (Catedrático) da Universidad de Buenos Aires, professor titular da Universidade Nacional de La Pampa, professor Visitante da Universidade Católica da Argentina, consultor da Universidade Federal Fluminense, do Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina, coordenador da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, membro de corpo editorial do Contracampo (UFF), membro de corpo editorial da Rastros (Joinville), membro de corpo editorial da Em Questão (UFRGS) e membro de corpo editorial da InTexto. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Comunicação e Sociedade.

 

Eduardo Portanova Barros

Pós-Doutor em Sociologia pela Sorbonne e pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), doutor em Comunicação Social pela PUCRS, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (2003) e graduado em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1986). 

Tem experiência na área de Comunicação e Artes, com ênfase em Jornalismo, Cinema e Imaginário, atuando principalmente nos seguintes temas: estética e autoria. Tradutor da obra "Sociologia do Imaginário", de Patrick Legros, Frédéric Monneyron, Jean-Bruno Renard e Patrick Tacussel (Ed. Sulina).  Autor de "Truffaut, o homem que amava o cinema" (Ed. da ULBRA, 2013) e, junto com Carlos Gadea, organizador de "A questão pós nas ciências sociais" (Ed. Appris, 2013).

 

Helenice Carvalho

Possui graduação em Comunicação Social - Habilitação Relações Públicas, pela Universidade Federal de Santa Maria (1983); especialização emComunicação - RRPP e Publicidade e Propaganda, pela FAMECOS/PUCRS(1987); Especialização em Marketing pela FACE/PUCRS (1991); mestrado em Administração - Produção e Sistemas, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1997) e doutorado em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2003). Atualmente participa dos seguintes grupos de pesquisa do CNPq: Comunicação, Política e Sociedade(Unisinos) e Controle Social do Gasto Público (Unesp) e é pesquisadora convidada da Universidad de Buenos Aires. É professora adjunta da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, da UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Relações Públicas, atuando principalmente nos seguintes temas: relações públicas, comunicação organizacional e institucional, comunicação integrada, estratégias de comunicação,planejamento da comunicação, pesquisa de opinião e mercado, gestão da informação, inteligência competitiva, gestão do conhecimento organizacional, redes de comunicação humana, redes de cooperação. 

 

ESTUDANTES

Andriolli de Brites da Costa

Doutorando em Comunicação e Informação pela UFRGS, mestre em Jornalismo pela UFSC e bacharel em Jornalismo Comunicação Social - Jornalismo pela UFMS. Sua pesquisa tange os fundamentos do Jornalismo sob a perspectiva da filosofia da técnica e do imaginário. 

Francisco dos Santos

Doutorando e mestre em Comunicação e Informação, bacharel em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Comunicação, imaginário, artes e meio-ambiente são seus temas de interesse.

Renata Lohmann 

Doutoranda, mestre em Comunicação e Informação pela UFRGS, com graduação em Comunicação Social - Jornalismo (2011) pela mesma universidade. Sob a orientação de Ana Taís Portanova Barros, pesquisa os divergências e convergências do imaginário da lomografia e do instagram.

Anelise Angeli De Carli

Mestranda em Comunicaçõa e Informação pela UFRGS, bacharela em Comunicação Social - Jornalismo pela UFRGS. Desenvolve pesquisa sobre imaginário, jornalismo e fotojornalismo. 

Danilo Fantinel

Mestrando  em Comunicaçõa e Informação pela UFRGS, bacharel em Comunicação Social - Jornalismo pela UFRGS. Estuda as relações entre Imaginário e Comunicação no cinema e na prática jornalística contemporânea. 

Annelena Silva da Luz

Mestranda em Comunicação e Informação pela UFRGS, bacharel em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pela UFSM. Estuda a imagem simbólica na publicidade, sua construção de sentidos e sua dinâmica no imaginário. 


TÉCNICO

Mario Bitt-Monteiro

É fundador e coordenador do Núcleo de Fotografia Fabico/UFRGS, professor e pesquisador de fotografia comparada, experimental e aplicada (atividades de extensão) da UFRGS desde 1992, desenvolvendo o projeto integrado de pesquisa FOT.XPER.UFRGS desde 1993. Consultor de Fotografia da UFRGS desde 1982.

 

Ana Taís Martins Portanova Barros
Jean-Jacques Wunenburger
Eduardo Vizer
Eduardo Portanova
Helenice Carvalho
Andriolli de Brites da Costa
Francisco dos Santos
Renata Lohmann
Anelise Angeli De Carli
Danilo Fantinel
Annelena Silva da Luz
Mário Bitt-Monteiro
Imaginalis - Grupo de Estudos Sobre Comunicação e Imaginário
imaginalis@hotmail.com